Rss Feed
  1. segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

    João Pessoa tá estufada de turistas.
    Eles não me incomodam na verdade. São engraçados.
    Todo verão é assim, em qualquer cidade com praia, de modo que você vai ficando meio treinado pra identificar quem é de fora ou não.

    Por exemplo:
    Só um turista me encontraria no ônibus, no meu bairro, e me perguntaria, com uma cara aflita, se ali era o centro da cidade.
    Olhei pela janela, para os terrenos vazios, com cavalos comendo mato amarrados aos postes, e para as casas pequenas e cerca de nenhuma loja a vista e pensei: Essa moça deve ter passado por muita coisa hoje pra achar o final de João Pessoa com cara de centro.
    Educadamente, disse que não.

    Outra:
    Só turista, neste mesmo ônibus, depois de me pedir informações e corrigir sua rota, me perguntaria o que é o 'nêgo' que tem escrito por toda parte. Demorei pra entender do que ela tava falando. Até cair a ficha.
    - Ah, você tá falando das camisas, vermelha e preta com o nome nego...
    - É, porque tem 'nêgo' em todo lugar?
    - Er... Não é nêgo. É nego... Com 'é'. Nego de negar. Eu nego, tu negas, ele nega. Entende?
    - Ah... Por quê?
    Segue-se um teste de história da Paraíba.
    Para meu constrangimento, deixe-me confessar que eu não tava preparada mentalmente pra essa. Veja bem, eu sei a história da bandeira da Paraíba, eu estudei isso quando era criança, mais ou menos na 3ª série, e eu sei disso.
    Mas digamos que eu não sabia dos detalhes...
    - Er... É a bandeira... Daqui. Aliás, da Paraíba, né? E... Anh... O nego... É porque tinha um cara... Político. Que era presiden... Aliás, vice. É... E ele negou... Alguma decisão do presidente propriamente dito. Aí... É... Eu não me lembro os nomes... Mas... É, foi isso...



    Pronto, podem me apedrejar agora.
    Agora, lembro que o nome do dito cujo vice-presidente é nada menos que o nome da cidade que eu moro.
    Mas admito que é tudo o que me lembro. O resto, lembrei graças ao Google.
    Que, inclusive, tá me deixando muito mal acostumada.
    A mulher fez cara de quem, com esforço, entendeu minha explicação e ficou satisfeita.
    Por isso sei que era turista. Porque alguém daqui teria dado na minha cara. Aliás, alguém daqui não teria me perguntado isso.
    Nem teria dito 'nêgo' ao invés de nego.

    E mais:
    Só turista anda no shopping de biquini e aqueles vestidos transparentes de praia cujo nome eu não lembro agora.
    Só turista anda dentro do shopping de óculos escuro e chapéu gigante de praia.
    Suspeito que quem vem, sei lá, de algum buraco onde não tenha praia, pra uma cidade que tem, acaba pensando que qualquer lugar da cidade é a própria praia e que ninguém vai olhar discretamente pra ele e rir porque ele tá de sunga e camiseta, sei lá, no centro.

    Em Janeiro, você precisa ficar esperto. Porque a qualquer momento vai ter alguém te perguntando como se chega a tal lugar e você não quer parecer imbecil por não saber, certo?
    E eu devo dizer que meu senso de orientação não é, e nunca foi dos melhores.
    Da última vez que fui jantar fora, ficamos cerca de 10 minutos rodando porque eu não conseguia lembrar a rua que entrava pro restaurante. Foi lindo. Rendeu discussões no carro. E por incrível que pareça, a pessoa mais orientada foi Taiane, que acertou o caminho.
    E ontem eu saí da casa de Débora duas vezes querendo andar pro lado oposto de onde seria a parada de ônibus.

    Ou seja,
    Turistas, se me virem na rua, ME EVITEM, eu mal sei para onde estou indo.
    |


  2. 5 comentários:

    1. AlexGoblin disse...

      Quer saber uma brincadeira divertida? Dar informações erradas pra turistas. Tente, da próxima vez que alguém te perguntar onde fica o lugar tal, mande ela pra fora da cidade.

    2. [Dan] disse...

      Tuíla sempre com um texto divertido. ah, num faça o que o cara disse aí naum. q coisa feia, enganar os pobres dos turistas kkkkkkkkkkkkk

    3. Tuíla disse...

      Turista não, mas confesso que já mandei fera pro bloco errado na primeira semana de aula e, cara, me senti de alma lavada.

      Mas turista, ainda não testei.
      Já dei informação errada porque não sabia mesmo aushuahs :X

    4. AlexGoblin disse...

      Hoje a tarde minha mãe me mandou procurar um lugar na rua errada. Andei por quase uma hora antes de desistir.

      Fui trollado pela minha própria mãe...

    5. Stephany disse...

      Alguem veio me perguntar onde era a fabrica do Picole do Ze e eu disse que nao sabia. Depois vi o carro parar duas casas na frente da minha. Acho que o cara me achou uma idiota. Agora eu sei onde e a maldita fabrica.