Rss Feed
  1. domingo, 31 de outubro de 2010

    Quem vê meu blog uma vez ou outra na vida já percebeu que minha irmã é uma pessoa, digamos, peculiar. E que tem uma maneira, como posso dizer, diferente de ver o mundo. Sabe a Maísa? Que fala o que dá na telha? Pronto. Tenho uma criatura desse calibre vivendo comigo. A diferença é que minha irmã é bonita, desculpa.

    Então, eu decidi que para o bem de todos e felicidade geral da nação brasileira, seria uma boa ideia coletar alguns fatos interessantes e pedaços de ouro em forma de palavras que Taiane tem a nobreza de dividir com cada um de nós.
    Para tanto, usei e abusei da ajuda do meu twitter, aonde eu sempre coloco uma coisa ou outra, e que me ajudou muito a lembrar de coisas brilhantes que esta mente privilegiada decidiu me presentear.

    Vamos ao que interessa:

    Discutindo sobre determinado tema, eu digo:
    - Isso é coisa de acéfalo, Taiane.
    - Ai, burra. É incéfalo.
    - Sabe o que é acéfalo? É que não tem cérebro.
    - AH, por isso que incéfalo é que tem cérebro, porque IN é dentro. Quem não tem é outcéfalo.
    *
    silêncio constrangedor*

    -

    Taiane cozinhando:
    - Será que 3 colheres de sopa de sal já dá?
    - Quantas panelas de arroz você tá fazendo, animal!?
    - Uma, por que?
    - AI MEU DEUS!

    -

    Conhecem O Teatro Mágico? Estávamos falando sobre isso.
    Não me lembro exatamente o quê. Mas ela queria me mostrar algo, e disse:
    - Quer ver? Coloca no google.
    *digitando: teatro...
    - Ô animal, falta o acento.
    - Acento em teatro, Taiane? Aonde?
    - No A!
    *pausa*
    - Diz pra mim que você não tá falando sério.

    -

    Depois de gritar por cerca de 30min, a ponto de deixar a cadela do vizinho nervosa e chamar a atenção de metade do bairro, eu decido ir na sala, pegar a pirralha pelos cabelos:
    - Taiane, to te chamando a meia hora!
    - É que eu tava com o fone ligado.
    - E porque a TV também tá ligada?
    - Eu tou assistindo.
    - E ouvindo música?
    - Claro.

    -

    "As pessoas TOMAM ou FUMAM conhaque?"
    (MACIEL, Taiane)

    -

    A educação na minha casa funciona da seguinte forma. Minha irmã diz:
    - Volta o cão arrependido, com suas orelhas baixas,
    seu osso roído e com o rabo entre as patas. Volta o cão arrependido...
    E permanece repetindo isso loucamente. Até que minha mãe resolve se pronuncioar.
    -Repita isso mais uma vez vou te fazer falar até ficar rouca.
    A ousadia é uma coisa que impera na nossa família.
    - Volta o cão...
    - Ótimo, não pare.
    E isso rendeu por um booom tempo.

    -

    Minha irmã adora surrupiar minhas coisas. Mostrando como a discrição é uma qualidade dos glamourosos e cheios de classe, ela sai levando uma coisinha de cada vez, pra eu não
    perceber. Mas nenhum crime é perfeito.
    Tem um espelho de mais ou menos um metro de altura por uns 40cm de largura pendurado na parede do meu quarto. Taiane entra no meu quarto e tira ele de lá.
    E tem a audácia de supor que eu não vou sentir falta dele.
    O que ela acha que eu fiz com meus olhos? Guardei numa caixinha?

    -

    É de conhecimento de todos que visitam o meu blog que eu tenho algo desagradável na minha personalidade. Sou o que as pessoas costumam chamar de 'de lua', 'de fases'. E isso não é uma coisa bonita como as menininhas que escutam o refrão da música dos Raimundos e acham lindo se denominarem complicadas e perfeitinhas. Não é uma coisa boa. Taiane sabe disso melhor que ninguém:
    - Ah Tuíla, que saco, tu muda de humor toda hora,
    parece que é bi... bi... Como é o nome? BIOCIDENTAL?
    - É o que, Taiane?
    - É biocidental né? Quem tem um humor uma hora, depois
    fica com raiva? É assim né?
    - BIPOLAR, animal.
    - Ah, dá no mesmo, essa coisa de pólo, de frio...
    Tente compreender essa lógica.

    -

    Sobre ditados e expressões populares:
    - Ah mais Fulano nem chove nem fede.
    - Você quis dizer: Não fede nem cheira. Certo?
    - Qual a diferença?
    +
    - Fulana tá com o couro no dente.
    - O quê?
    - Quando alguém tá irritado. É assim, né?
    - Não seria sangue no olho?
    - Ou isso!

    -

    Alguém pergunta:
    - E o que significa halo?
    E Taiane responde:
    - Areola.
    Percebi uma coisa estranha naquela pronúncia.
    - É auréola, Taiane. Com U.
    - U? Aonde?
    Escrevo pra mostrar.
    - Nada a ver. Só falta tu me dizer que tem acento também!

    *
    silêncio constrangedor*

    -


    Tem muito mais coisa de onde saiu isso. E como graças a geniosidade mal aproveitada dela, o meu estoque não para de ser renovar, não vou postar tudo hoje.
    Mas vai ter uma continuação. Prometo!


    P.S.: A menina da tirinha é cover PERFEITO de Taiane.
    :*
    |


  2. 7 comentários:

    1. AlexGoblin disse...

      Disse que não ia comentar, mas vou:

      Como assim "escutam o refrão da música dos Raimundos"?

      Que menininha ainda escuta Mulher de Fases? Isso é da época que eu era pirralho.

    2. Mathews disse...

      taiane é das melhores,
      em certos momentos se assemelha com meu irmão, principalmente na hora dos ditados ou quando se trata de geografia
      kkkkkkkkkkkk

      siiim e eu estava presente qndo ela colocou 3 colheres de sal no arroz

      TAianeee msm asism eu amu tu tbm viss

      lilla continua bombando esse blog viss
      amu tu maninha

    3. Tuíla disse...

      É, Alex, eu exagerei. Devia ter colocado "escutavam" uashuash

      Nos meus 14 pra 15 anos era moda colocar no título do fotolog ou no nick do msn "Complicada e perfeitinha" cheio de *~º. e outros nhem nhem nhens.

    4. Themístocles disse...
      Este comentário foi removido pelo autor.
    5. Themístocles disse...

      Eu sinceramente não sabia dessas pérolas de Taiane e me diverti bastante sabendo!

      Parabéns minha amiga Tuila por conseguir nos mostrar a sua vida "complicada e perfeitinha" de uma forma bem humorada (ou não, né?)!

      Sempre que postar coisas novas me avise, viu? =D

      Deus te abençoe! ; *

    6. Tuíla, Taiane foi a daminha que trouxe as alianças em meu casamento. Àquele tempo, nós a escolhemos por ser uma criança de rara beleza e simpatia. Não sei se ainda tenho o vídeo, mas lembro perfeitamente de que, quando entrou com as alianças, ao invés de vir devagarinho, solene, ela andou rápido, chega os cabelos pulavam. Ao pé do altar, quase caiu, e disse "OOOOOAAAPA!"
      Um graça só, ou melhor, dupla, porquanto graciosa e engraçada. Viva Taiane!

    7. Tuíla disse...

      KKKKKKKKKK
      Isso é bem a cara de Taiane, mesmo!