Rss Feed
  1. sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

    1. Ela não nasceu com a capacidade de ficar em silêncio.
    Percebo isto especialmente quando ela sai e tudo fica na mais perfeita tranquilidade. Se ela estivesse aqui, no mínimo ela apareceria na porta do quarto pra dizer:
    - Nem olhe pra mim, eu não estou falando com você!
    E sair depois.
    Sim, ela faz coisas desse tipo. Não me pergunte por quê.
    Ela adora gritar. Ela mal fala de tanto que grita. Acho que por isso eu falo alto. Por culpa dela [e porque sou meio surda também, haha]. Minha irmã grita tanto que o volume normal de voz que eu tou acostumada a ouvir em casa é o dela. Ou seja, uns bons bocados de decibéis.

    2. Quando ela não tem o que fazer [o que acontece normalmente quando ela tá de castigo, ou a internet caiu], decide me encher.
    As vezes, quando ela faz uma cagada e minha mãe diz que ela tá de castigo me vêm mais lágrimas aos olhos do que se ela estivesse dizendo isso pra mim. E pode-se dizer que é.
    Eu me sinto assim.
    Cometi o gravíssimo erro de deixar o inimigo descobrir meus pontos fracos, agora, sempre que está entediada ela vem fazendo vozinhas absurdamente estranhas e me cutucando até eu ter cocégas.
    Não sei quem disse a ela que se eu estou rindo, estou adorando a brincadeira. Decididamente não estou.
    E a monstrinha não conhece uma palavrinha chamada limite. Uma vez eu tava inocentemente sendo explorada pela minha mãe, lavando louça na cozinha. Era um prato. E era grande. E pesava um bocado, ao menos pra mim. A pia tava cheia de outras paradas e eu tava numa concentração mortal pra não topar em nada e derrubar ali. Porque minha irmã se incomodaria com isso? Chegou sorrateiramente por trás de mim, e quando eu senti a respiração dela, e percebi que tinha alguém ali, já era tarde demais. Ela cravou as unhas na minha cintura [essa é a noção dela de 'fazer cócegas' em mim] e ficou me cutucando. Me agarrei naquele prato como se eu fosse o náufrago e aquilo fosse o Wilson [comparação #fail]. Por muito pouco aquilo não caiu, levando junto todos os outros vidros e louças que tinham ali, me cortando toda e provavelmente me matando.
    Por que minha irmã pensaria nisso? Besteira.

    3. Minha irmã não é muito esperta.
    Hoje eu corri atrás dela. Ela me cutucou. Não tenho culpa, ela começou. Foi mais forte que eu. Corri pra matar. Juro que a guerra ia ser fatal. Acabei encurralando a monstrinha na varanda. Ao invés de derrubá-la no chão e socar até a morte, preferi sair e trancar ela ali.
    Cara, foi a coisa mais divertida que eu fiz esse ano, até agora.
    Fiquei olhando pra cara de confusa dela, tentando enten
    der o que tava acontecendo, pela porta de vidro. Foi perceptível a tomada de consciência dela. Arregalou os olhos e fez a cara do Gato de Botas. Nem me comoveu.
    Saí e deixei ela lá. Uns 10 min depois voltei. Ela tava tentando abrir a paradinha que tem em cima da porta. Esqueci como é o nome daquilo. Uma janelinha pequena. Mal passa um braço. Ela subiu na rede e tava tentando abrir aquilo. Perguntei:
    - Tá tentando fazer o quê, menina?
    - Sei lá...
    Assim mesmo, com as reticências.
    Libertei minha irmã.

    4. Ela tem uma mania engraçada de correr pela casa com um lençol/toalha/pano qualquer na cara, cobrindo os olhos. Sabe Deus porquê. As vezes ela cai. Ou esbarra em algo. Nunca perguntei a ela qual era a dessa brincadeira. Mas ela parece gostar. E é engraçado.
    Enfim.

    5. Tudo seria INCRIVELMENTE sem graça sem ela por perto.


    Pode dizer AÓIN agora.
    |


  2. 6 comentários:

    1. karolayne disse...

      que lindo ver um simbolismo de união de você pra ela, (coisa quase impossivel).. sempre suspeitei que exista um amor ai *-* haha! kkkkkkk

      melhor parte: Arregalou os olhos e fez a cara do Gato de Botas. Nem me comoveu.
      KKKKKKKKKKKKKKKK POUCO GROSSA ;x sou sua fã ;D

    2. taiane ;) disse...

      me ama taaaaanto *----*

    3. amanda-belmont disse...

      kkkkkkkkk, essa taiane nao tem jeito, ainda bem que eu nao tenho mais que conviver com ela todas as minhas manhas *O*

    4. taiane ;) disse...

      kkkkkkkkkkkkkkk, obg pelo carinho amg kkk

    5. Rayza disse...

      ahaiahiaa a da toalha na cara foi mara! layla, veja lá como foi meu aniversário no meu blog e sinta por mim.

    6. rodrigo disse...

      nossa q obscuridade a vida de vcs duas .como vc fala tulia .tenso...
      asuhsuahsaushau
      vcs duas moram no meu celebro .(eu sei foi sinistro ,estranho e besta )kkkkkkkkkkkkkk