Rss Feed
  1. domingo, 6 de dezembro de 2009

    Sabe o quê? Perdi a prática de escrever quilômetros a partir de uma bobagem.
    Mas eu não desisto.

    Tô precisando disso pra organizar os pensamentos.
    Sabe o que eu acho? Os piores problemas são aqueles que são causados por forças externas, fora do seu controle, e cuja única pessoa ferrada com aquilo é você. O segundo lugar fica com aqueles que você mesmo causa, e depois pensa: Más quê merda foi essa que eu fiz?
    Eu sou campeã na segunda categoria. Mas esse fim de semana, estou experimentando um pouquinho da primeira opção. É um saco.

    Tá tudo tão "Lei de Murphy ON" que hoje, quando eu acordei, disse bom dia pro meu pai. Ele demorou uns 10 segundos pra me responder e depois dizer: "Tenho uma tarefa pra você, varra a casa antes de eu voltar." Catou minha irmãzinha e saiu.
    Po, eu já varri casa em todos os dias da semana. Mais de uma vez no mesmo dia. Até nas casas dos outros. Até em colégios. Até em cidades diferentes. Até no sábado. Mas no domingo, vai ser a primeira vez. Isso é tão traumático que eu tou aqui enrolando.

    Você percebe que a coisa realmente tá feia quando você pensa: Cara, eu queria tanto que a segunda-feira chegasse. :O Essa sensação passou quando eu lembrei da hora que eu teria que acordar. Enfim.

    Tem coisa que até parece pegadinha, sabia? Tudo acontecendo tão lindinho pra acabar com a sua miserável existência na Terra que até parece combinado. O problema é que não aparece nenhum cristão de bom coração pra dizer: Relaxa, po, era brincandera, viu? Nada disso. A coisa vai só ficando pior e pior.

    As cagadas das outras pessoas reunidas, se lançando sobre você, enquanto você pensa: Mermão, como eu vou sair dessa?
    Já tentei usar tudo quanto é técnica de pensamento positivo, já tentei dizer: Deus, qualé, uma mãozinha aqui, plz? Mas quem sabe? Depois que a gente passa por um ou outro aperto, mais na frente a gente aprende melhor o que fazer. Ou não.

    É a vida.
    |


  2. 0 comentários: