Rss Feed
  1. terça-feira, 17 de novembro de 2009


    Achei um artigo na Desciclopédia e pensei:
    Cara, porque eu não li isso antes da minha prova de Aprendizagem?

    Para se fazer uma prova, normalmente se estuda. Para se estudar, a gente compra livro, ou tira xerox [eu fico na categoria dos que fazer a segunda coisa]. Mas eu não tirei xerox de uns textos aí. Achei muito intrínseco, subjetivo e inerente à capacidade de vir-a-ser do 'seu mano'.
    As vezes, sinto que todo psicólogo fica meio louco um dia.

    Enfim, não li o texto. E na prova, aconteceu o esperado:
    A professora/louca pediu praticamente um resumo da idéia principal de cada troço daquele. O que eu fiz? Eu inventei. Li o título dos troços e viajei lindamente. Usei e abusei das palavras preferidas dela, pra ver se agradava. Muito afeto, significado e 'seu mano' [vulgo ser humano].

    Mas nada feito. Ganhei poucos décimos de cada uma, o que ainda me surpreendeu.
    Fiquei deprimida, queria ter a mesma capacidade de abstração de algumas pessoas que passaram pela mesma situação e sobreviveram.

    Nada não... Um dia eu consigo ;]
    |


  2. 0 comentários: