Rss Feed
  1. domingo, 31 de maio de 2009

    Tem coisa que me chateia de um jeito nada legal.
    Um jeito esquisito. Não é como uma raiva normal. Na hora, dá aquela clássica vontade de quebrar tudo e sair com cara de 'Fui eu, e daí?'. E essa vontade sempre passa, é verdade. Isso acontece com uma raiva normal. Mas, nesse caso, no lugar fica uma sensação Esquisita. Com E maiúsculo porque é a palavra que melhor define o troço.

    Deixa ver se eu explico:
    A pessoa tá lá, feliz da vida. Tá tudo tranquilo e tal. E do nada alguma coisa [ou nada, dependendo da gravidade da situação] acaba lhe lembrando o acontecimento causador da chateação. Isso é BEM irritante. Porque eu fico logo de cara fechada. Quieta, o que no meu caso, é muito estranho, uma vez que eu nasci sem essa capacidade. Eu sou meio hiperativa, a maior parte do tempo. Se eu fecho a boca, é um problema bem grave. E se eu responder a perguntas como: "O que foi? O que tu tem?" com um simples: "Nada, só tou na minha", pode ter certeza que tem alguma coisa, sim, só que eu não sei, ou não acho relevante explicar ;]

    Essa do não acho relevante foi profunda. Xô explicar essa:
    Normalmente é uma coisa bem sem importânciazinha. Ou talvez só seja mesmo importante pra mim [o que é o caso]. Por mais que digam que não, ninguém realmente vê a profundidade da situação. Se eu contasse, simplesmente tentariam ao máximo disfarçar enquanto pensavam "Mas que merda. Não acredito que essa guria tá com essa cara 'eu odeio o mundo' por causa disso! Emo ¬¬"
    Sim, todo mundo pensa isso, que eu sei. Eu penso, às vezes. Mas uma hora alguém se lembra de que o problema de uma pessoa, a partir do momento que faz mal a ela, tem sua importância. Pelo menos eu penso assim. Mas voltando...

    O fato é que eu queria ter força mental/capacidade de esquecer essas coisinhas irritantes que botam a perder meus bons momentos. Estragam um pedaço consideravelmente legal do meu dia e acabam me fazendo dar foras desnecessários nas pessoas e/ou perder toda a diversão daquele minuto. E vão se juntando com outros problemas, grandes e pequenos, até me morgar de vez. Isso é bem ruim.

    Mas quem sabe tudo isso não seja também sem importância?
    Acho que eu só tou emo porque Bob foi embora. É, deve ser.




    -
    |


  2. 2 comentários:

    1. Dan... disse...

      eu sabia que te conhecia. amiga, se vc tá publicando é pq é algo deimportancia e lá no fundo vc quer q as pessoas saibam. (técnicas de psicologia aki rsrsrs)
      vc é fofa. além de emo... rsrsrs

    2. Tuíla disse...

      KKK mas deixa de ser besta, rapaz. Eu gosto de escrever, certo?
      Se lerem, mara. Se não, mara também :D

      Num xingando, o resto tá blz ;]